Ciúmes: como a hipnose te livra desse sentimento?

ciúmes

30.09.2018 por Rafael Kraisch

Compartilhar:

Você acredita que os ciúmes estão prejudicando a sua vida? Gostaria de saber como a hipnose pode te libertar? Então, acompanhe este artigo até o final.

Sentir ciúmes é algo que está, aos poucos, sendo abominado pela sociedade. Estamos criando um conceito sobre que ser normal é ser desapegado. Mas, não é assim que a nossa mente funciona.

Você precisa compreender que ciúmes não é doença ou sinal de involução. Sentir ciúmes é um sinal de conexão com quem você construiu um relacionamento. Não queremos que a pessoa sofra ou nos deixe, pois a consideramos importante ao nosso convívio.

Essa programação foi aperfeiçoada por nosso cérebro durante milhares de anos, em sua evolução. É uma maneira de cuidarmos uns dos outros e garantir que as pessoas que gostamos continuem a nos rodear.

Portanto, você não deve se sentir culpado pelos ciúmes. No entanto, pode ser que o sentimento extrapole os limites normais e esteja prejudicando você e o seu relacionamento. Entenda as diferenças.

Veja também: Por que o passado se repete?

Quando sentir ciúmes é um problema

Como vimos, sentir ciúmes nem sempre é ruim ou doentio. No entanto, algumas pessoas fazem desse sentimento um monstro e perdem o controle sobre ele. Os limites do normal são ultrapassados quando algo que nunca esteve bem resolvido no mundo interior da pessoa se amplifica sobre uma terceira pessoa, seja namorado ou até amigo.

Essas atitudes podem trazer sofrimento para você e para o seu parceiro ou parceira. Aí, sim, está na hora de procurar uma solução, pois começa a corroer o relacionamento. Chamamos de ciúme doentio ou mesmo patológico.

Os ciúmes, portanto, se misturam a outras emoções negativas que a pessoa já carregava consigo. O equilíbrio emocional é substituído pelo desespero por perder quem ama. Imaginar que o outro está traindo, mentindo ou omitindo verdades mesmo quando está tudo bem é um forte sinal.

A pessoa que sofre com ciúmes em excesso sabe que não é preciso tanto sofrimento. Por prejudicar o seu relacionamento e a si mesma, entende a necessidade de buscar ajuda e muitas vezes procura pela hipnose. Afirmo isso porque estou acostumado a atender esses casos.

Como a hipnose liberta dos ciúmes?

Os ciúmes em excesso geram doenças físicas em qualquer pessoa, tais como ansiedade, tristeza, depressão, falta de ar, entre outros. Isso devido ao sofrimento por antecipação. É aqui que entra a hipnoterapia.

O hipnoterapeuta entende que o ciúme como um gatilho traz à tona emoções apodrecidas da mente subconsciente. Quando essa camada mais profunda da mente já se encontra sobrecarregada de registros negativos, busca um meio para expressar essa sobrecarga. Seja no trabalho, em seus relacionamentos, no dinheiro, não importa. O sentimento será extravasado.

O importante é trabalhar as questões emocionais que levam ao ciúme excessivo. Pode ser que o problema envolva insegurança, baixa autoestima ou até um sentimento de não se sentir amado o suficiente.

Por isso, no processo de hipnoterapia, não trabalhamos apenas a questão dos ciúmes, mas procuramos profundamente as suas reais causas. Em alguns casos, existem até emoções guardadas e adormecidas há décadas que desencadeiam em ciúmes excessivos.

O objetivo é promover o equilíbrio entre essas emoções. Assim, o subconsciente fica mais leve, sem precisar descarregar tais sentimentos nos relacionamentos.

Espero que meu artigo tenha ajudado você a diferenciar os ciúmes excessivos daquelas situações onde a sensação é comum.

Eu acredito no pleno potencial da hipnose, não como uma simples técnica de indução ou grito, mas como uma arte que pode ser ensinada, trabalhada e compartilhada, de maneira ética, segura e profissional.

Te convido a mergulhar de cabeça no processo da Hipnose comigo, Rafael Kraisch.

Assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do Youtube onde posto vídeos novos toda semana.

Depoimentos

O que dizem sobre nosso trabalho