PSICOPATIA: DESCUBRA COMO SÃO CAUSADAS E COMO A HIPNOSE PODE AJUDAR NO SEU TRATAMENTO

PSICOPATIA: DESCUBRA COMO SÃO CAUSADAS E COMO A HIPNOSE PODE AJUDAR NO SEU TRATAMENTO

PSICOPATIA: DESCUBRA COMO SÃO CAUSADAS E COMO A HIPNOSE PODE AJUDAR NO SEU TRATAMENTO

Veja nessa postagem como se forma a mente psicopata e como a hipnose pode auxiliar no tratamento

O cérebro humano é um dos sistemas mais complexos e misteriosos que ciência conhece. Com mais de 86 bilhões de neurônios e com uma capacidade de processar informações mais rápido que qualquer computador já inventado, o cérebro se tornou um dos órgãos mais misteriosos e pesquisados pelos cientistas, médicos e psicólogos.

Mas, como qualquer outra máquina complexa, o cérebro humano também pode apresentar certas singularidades que nem sempre são explicadas.

Uma delas, a psicopatia, é alvo de diversos estudos desde que a expressão “assassinos seriais” foi inventada. Mas o que exatamente causa a psicopatia e mais importante, como descobrir se alguém é um psicopata? Descubra agora nessa postagem.

O QUE É A PSICOPATIA

A muito tempo a psicopatia era uma palavra usada pela medicina no século XIX, os médicos utilizavam a palavra “psicopatia” para se referir a qualquer paciente que possuía algum tipo de transtorno mental.

O termo psicopata só deixou de ser algo genérico quando foi designado para se referir a pessoas, que em sã consciência, cometiam assassinatos de forma sucessiva.

Entretanto, pesquisas mais atuais puderam revelar que a psicopatia não está completamente relacionada a crimes, mas sim ao comportamento de modo que uma pessoa pode apresentar o comportamento psicopata mas sem nunca matar alguém.

Da mesma forma que muitas pessoas podem matar alguém sem nunca apresentarem um comportamento psicopata.

Psicopatia x Sociopatia

Apesar da sociopatia e psicopatia serem considerados por muitos como sinônimos, na realidade são condições diferentes.

É muito comum associar as duas e tratá-las como sendo a mesma coisa pois o sociopata e o psicopata apresentam características semelhantes, mas as diferenças entre elas são ainda maiores.

Entre as principais diferenças estão a capacidade dos psicopatas de parecerem educados e encantadores com as outras pessoas, mas isso é apenas uma máscara que permite ao psicopata manipular as outras pessoas.

Isso faz das pessoas com traços de psicopatia ótimos em liderar e lidar com pessoas.

Já os sociopatas são exatamente o oposto, eles sentem quase que um prazer em causar desconforto ou magoar pessoas e sabem exatamente o que dizer para atingir esse objetivo.

CARACTERÍSTICAS DA PSICOPATIA

Como qualquer condição, a psicopatia possui algumas características que podem defini-la e ajudar no diagnóstico, algumas das características mais comuns dos psicopatas são:

Habilidade para manipular as pessoas

Como já citei, as pessoas que apresentam comportamento psicopatas são mestres manipuladores e conseguem conquistar a confiança da maioria das pessoas desatentas.

Narcisismo

O psicopata é narcisista por definição, eles se acham melhores do que os outros e agem como se o mundo girasse em torno deles. Não suportam receber críticas, pois acreditam que tudo que fazem é perfeito ou chega perto de ser.

Mentirosos patológicos

Quem nunca mentiu que atire a primeira pedra, certo? Mas os psicopatas não mentem apenas por necessidade, eles são especialistas em contar mentiras e fazem isso descontroladamente, precisando mentir ou não.

Vive em busca de adrenalina

Alguém que desenvolve psicopatia passa a odiar a rotina, dias monótonos onde nada de emocionante acontece simplesmente incomodam os psicopatas.

Isso tende a ser uma espécie de gatilho que faz o psicopata mentir, manipular ou até planejar o assassinato de alguém, apenas para deixar o dia mais emocionante. Mas ainda não existem pesquisas conclusivas que comprovem isso.

Não consegue controlar as emoções

Os psicopatas não conseguem controlar as emoções como as outras pessoas, eles explodem com facilidade apesar de fazerem muito esforço para manter as aparências.

Comportamento antissocial

Todos os psicopatas apresentam comportamento anti social, por isso é difícil para alguém não treinado diferenciar a sociopatia da psicopatia.

Esse comportamento pode ser definido como o desrespeito ou total desprezo pelas normas e leis, frequentemente está associado com a ilegalidade.

Simula sentimentos para parecer “normal”

Apesar de ser encantador, rir, fazer piadas engraçadas, chorar em enterros e até amar, os psicopatas na realidade tendem a simular esses sentimentos e não sentem de verdade.

Isso não significa que eles não sintam alegria ou qualquer outro sentimento, só quer dizer que geralmente eles simulam reações para se encaixarem no convívio social e parecerem como as outras pessoas, mas é tudo uma máscara.

Falta de empatia

A empatia é uma faculdade da mente humana fundamental para o convívio social.

Mas os psicopatas não sentem empatia com a mesma frequência das outras pessoas, eles são capazes de sentir, mas por algum motivo possuem a capacidade de escolher sentir ou não empatia por alguém, como se existisse um botão de ligar e desligar a empatia no cérebro deles.

O mais interessante, é que a falta de empatia é uma das principais características (e também a mais conhecida) dos psicopatas.

Não se apegam a compromissos

Os psicopatas não conseguem se apegar aos compromissos que fazem, relacionamento, trabalho, amizade, promessas ou qualquer outro tipo de compromisso são apenas mais uma mentira para eles.

A única maneira de um psicopata cumprir um compromisso que assumiu é quando este oferece algum benefício para ele.

Possuem a tendência a trair quando estão em um relacionamento amoroso, são pais ou filhos negligentes e podem ser péssimos funcionários dependendo de sua função.

Apresentam mau comportamento desde a infância

Também é muito comum que os psicopatas apresentem um comportamento anormal desde a infância. Alguns dos mais conhecidos é machucar e matar animais menores, ser uma criança calada, de poucos ou nenhum amigo e ter um comportamento antissocial.

CAUSAS PARA A PSICOPATIA

As causas para a psicopatia ainda estão sendo estudadas, antes acreditava-se que as causas eram totalmente genéticas, já que têm relação com a atividade e tamanho de certas áreas do cérebro, entretanto, também acredita-se que exista um fator social envido.

Crianças que possuem tendências genéticas para a psicopatia e sofrem abusos ou traumas na infância, podem se tornar psicopatas violentos e até assassinos.

Mas ainda não há estudo que seja totalmente conclusivo a ponto de afirmar algo desse tipo.

TRATAMENTOS

Infelizmente a psicopatia não possui cura, mas suas características podem sim ser atenuadas com algumas terapias, a hipnoterapia é uma das melhores formas de tratar a psicopatia, pois acessa diretamente o subconsciente evitando que o psicopata tente manipular o hipnoterapeuta.

Os efeitos da hipnoterapia nos psicopatas também tende a ser mais rápido, pois o profissional pode chegar a raiz do problema, o “trauma” que geralmente está no fundo do subconsciente.

Gostou desta postagem? Sabia que pode ver conteúdos como este em meu canal no youtube e também no meu instagram? Se inscreve lá e comece ainda hoje aprender mais sobre os segredos da mente!

Leave a comment