Transformar sonhos em realidade é o que move o ser humano

Transformar sonhos em realidade é o que move o ser humano

28.05.2018 por Rafael Kraisch

Compartilhar:

O que te faz levantar da cama todas as manhãs?

Tornar os sonhos realidade, sem dúvidas, é uma das maiores motivações do ser humano.

Não podemos escapar a este desejo incessante, que nos alimenta, vive em nós e nos empurra face à dificuldade. Quando nos sentimos impotentes, os desejos sinceros dos nossos sonhos nos injetam esperança e nos permite encarar frente a frente nossas dificuldades para assim superá-las e seguir adiante.

Sonhar acordado é uma enorme manifestação da capacidade do nosso cérebro para projetar nossas ideias.

Não deixe para depois os seus sonhos. Se você posterga até mesmo isso, leia a matéria Por que procrastinamos e como evitar esse hábito?

A capacidade de imaginar, antever, projetar e simular cenários antes de serem reais, expressa o quão brilhante somos como seres human28os.

Dito isso, podemos afirmar que sonhar é o primeiro passo.

Contudo, muitas coisas são necessárias passar à prática até que o imaterial se torne realidade. E é neste percurso entre o sonho e a realidade que muitos de nós sucumbimos, que ficamos pelo caminho enquanto observamos os sonhos desaparecerem.

Como podemos transformar esse quadro?

Absorvendo e fortalecendo a consciência do que necessitamos para fazer o suporte dos nossos sonhos. Esse suporte, tão necessário, é um mecanismo que chamamos de AÇÃO.

Quais são os passos que nos ajudam a tornar os sonhos realidade?

Em primeiro lugar, continue sonhando.

Seja específico nos detalhes do seu sonho. Pense sobre isso, clarifique sua visão, encare ela com nitidez em sua mente. Em sua imaginação, viva o seu sonho de maneira tão lúcida que possa sentir no corpo a realização dele.

Eventualmente alguns dos nossos sonhos (principalmente os mais arrojados) podem parecer impossíveis para nossa situação atual. Entretanto, não abandone seu sonho só pela distância a ser percorrida.

É exatamente a capacidade de manter a imagem do sonho na mente que pode incentivá-lo diariamente a se tornar realidade.

Não censure sua imaginação. Permita-se perspectivar, planejar, antever, organizar e elaborar um plano que suporte o seu sonho e objetivo.

Como dizia Einstein: “Quando tudo o resto falhar ou faltar resta-nos a imaginação.”

Trabalhe seu sonho!

Gaste energia imaginando-o. Veja e reveja os detalhes, sinta você dentro do sonho realizado.

Tente simular os sentimentos que poderá a vir experienciar no momento que alcance o sonho. O que mudará na sua vida? O que mudará na vida daqueles que o rodeiam? Quem vai se beneficiar? Quais serão os retornos emocionais? Quais são os motivos que levam a querer tornar real esse sonho? O que depende de você para realizar?

São muitas perguntas que ajudam a especificar o que você quer tornar realidade. Permita-se responder cada uma delas com paciência e dedicação.

Responder essas questões podem ajudar a direcionar o caminho a ser percorrido. Isso é extremamente importante, pois sem um alvo, como saberemos onde chegar e quando chegaremos?

Fomente o hábito de sonhar e, principalmente, seja específico. Torne seu sonho sofisticado e refine todas as perguntas e respostas, aprimorando cada vez mais esse projeto interno.

Dê o próximo Passo

Independentemente da distância da realização do seu sonho, sempre existe um primeiro passo a ser dado.

Esse pode ser um pequeno passo, mas certamente após dá-lo você estará mais próximo do que antes. Conscientize-se de que está caminhando em direção do seu sonho e, assim, comece a vislumbrar quais serão os próximos passos a serem tomados.

Não pretenda dar um salto imenso que não se encaixa em sua realidade. Prefira um passo possível, e em seguida, faça tudo ao seu alcance para torná-lo prático. E, assim, repita.

Provavelmente muitos passos levarão você a cometer alguns erros.

Os erros também estão nos planos da realização do nosso sonho. O que acontece é que esses detalhes nós não vislumbramos anteriormente e, quando acontecem, provavelmente pensamos que tudo está arruinado.

Porém, continue. Os erros permitem perceber o que tem de continuar e o que precisa de outras alternativas. Cada lição irá ajustar o caminho para continuar indo em direção ao sonho até, eventualmente, ele se tornar realidade.

O medo pode ser seu amigo

Além dos erros, posso imaginar que outro grande desmotivador nesse processo será o medo.

Ficamos paralisados com o medo, a ponto de permitirmos o afastamento da realização dos nossos sonhos. Na verdade, a única solução para superar o medo é encontrar uma estratégia para enfrentá-lo. E é isso mesmo.

O medo vai surgir de qualquer maneira, em qualquer novo desafio do caminho. Sempre que propormos à mudança ou a mudança se imponha a nós.

É possível superar características como o medo que nos impedem de sermos a melhor versão de nós mesmos. Saiba como no material gratuito Como vencer a autossabotagem.

É natural que nosso sistema nervoso central reaja à percepção de ameaça, mesmo que não seja uma ameaça física. Muitas vezes, a ameaça nem existe. Dado que a realização de um sonho sempre exige algum tipo de mudança, é provável que possa desencadear algum tipo de medo. Reaja a ele, supere-o.

Por mais que não pareça, o medo pode ser um poderoso motivador.

Ao invés de tentar eliminar sua existência, permita-se abraçar o próprio medo. Isso é enfrentá-lo. Abrace-o como uma ferramenta na tomada de decisões inteligentes para a realização dos seus sonhos. Admita sua existência, olhe os detalhes do medo e perceba de onde ele vem, os motivos que o trazem.

Assim, ele diminuirá seu tamanho até desaparecer.

Certifique-se que seu plano e estratégia são muito maiores que os medo e as dificuldades. Convença-se disso!

Dentro da estratégia crie espaço para seus pontos fracos e coisas que lhe causam incômodo, mas precisam ser abordados para a concretização do sonho.

Além disso, há outro ponto positivo na existência do medo: ele permite relembrar aquilo que necessita clarificar e trazer à mente para superar um desafio. O medo funciona como motivador, no final das contas.

O medo nos prepara para o sucesso. Quando desafiado e enfrentado, pode se tornar um amigo.

Explicite os seus sonhos

Feita a leitura até aqui, você já identificou quais são seus sonhos? Já percebeu que precisa de um tempo de investigação para escreve-lo com detalhes?

Saiba que esse exercício irá trazer-lhe uma elucidação enorme. Aconselho que você crie uma rotina regular para seu sonho. Para revê-lo e revisar, sempre que necessário, seus detalhes.

Então, o que é que você quer? O que você está sonhando? Qual é a sua visão?

Tenha essa conversa franca consigo mesmo! Com seu sonho em mente, basta segui-lo, abraçá-lo, alimentá-lo e criar cada vez mais carinho por esse projeto interno. Assim, você já estará sentindo como é viver o sonho antes mesmo de realizá-lo.

Vá em frente e faça mais uma pequena coisa em direção ao seu objetivo. A cada passo você estará mais perto.

Conto com você nesta caminhada rumo à melhoria da sua qualidade de vida e, principalmente, da sua autonomia em realizar o que deseja!

Como citei anteriormente, cultivar seu sonho deve se tornar um hábito. Para ajudar no desenvolvimento desse ponto, deixo aqui um vídeo falando mais sobre isso. Afinal, o sucesso ou o fracasso do nosso sonho, apesar das adversidades, também depende de nós:

Abraço,

Rafael Kraisch

 

Depoimentos

O que dizem sobre nosso trabalho